sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

"Asa-branca", "Pombão", "Pomba-do-ar"(Columba picazuro).

Até mesmo a "Asa-branca" bateu asas do sertão...

Embelezando o cenário do cemitério São João Batista, a "asa-branca" caminha sobre o fio mostrando o colorido das penas e observando a lente da minha câmera. Pra mim, ela é uma das mais bonitas e possue um canto majestoso. Por ser um pouco mais arisca do que muitas outras pombas, dificilmente é vista pousada no chão em meio urbano, daí chamada em minha região de "Pomba-do-ar".

Rio Claro, Agosto de 2008.

Fonte: 500 pássaros brasileiros

Comprimento: 34 cm. Uma das maiores espécies da família no País. Presente do Nordeste ao Rio Grande do Sul, e também na Bolívia, Argentina e Paraguai. Comum em campos com árvores, áreas urbanas, cerrados, caatingas e florestas de galeria. Freqüentemente encontrada no solo. Após o período reprodutivo associa-se em bandos, executando migrações. Faz ninho em árvores ou no solo. Põe 2 ovos brancos, os quais são encubados entre 16 e 19 dias. Conhecida também como pomba-trocal, pomba-trocaz, pomba-carijó (Rio Grande do Sul), pomba-verdadeira, pomba-asa-branca e pombão.



17 comentários:

  1. Só a criação em cativeira é que evitara a extensão do Pombo Asa Branca e várias outras aves.

    ResponderExcluir
  2. Porque que podemos cria passaros estrangeiros e não podemos criar os nossos, que produzem tão bem em cativeiro. Os habtates naturais de nossasd aves estão acabando e com ele nossos belos passaros e animais silvestres, com a palavra o IBAMA.

    ResponderExcluir
  3. Caro Anônimo, Porque criar aves em cativeiro? Para evitar que elas desapareçam dos habits naturais? E porque não lutar preservar os meios? Para aquelas que estão ameaçadas,existem orgãos responsáveis lutando para mantê-las longe do fim.
    Independente do país em que elas vivem, é um grande mal aprisioná-las só porque são belas ou cantam bem. Preservando é que se mantém vivo sempre.

    ResponderExcluir
  4. OLA!!!

    FAZ MAIS DE 2 MESES,QUE NOTEI EM MEU QUINTAL E JARDIM UM CASAL DE POMBAS DIFERENTE,DE TAMANHO E COR DIFERENTE DAS POMBAS COMUNS. E VENDO NA TV,DESCOBRI QUE ESTAS AVES SÃO CHAMADAS ASA BRANCA.FIQUEI SURPRESA,POR SABER QUE PERTENCEM AO NORDESTE E AO RIO GRANDE DO SUL.
    O QUE ELES ESTARIAM FAZENDO AQUI,EM SÃO PAULO.TODAS AS TARDES ESCUTO SEU CANTO,QUE É MUITO BONITO.

    ResponderExcluir
  5. Olá!Elas como as outras pombas têm uma facilidade de adaptação gigantesca, pois se alimentam de muitas coisas e são resistentes, hoje elas podem ser vistas em muitos lugares do Brasil. Maravilhosas e com um canto espetacular. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. ola eu estou criando uma pombinha dessa ela caiu do ninho e não tinha como eu colocar ela novamente ai preferi levar pra casa e cuidar dela, por ser um animal silvestre terei que solta-lá porque já me apeguei a ela. Dou comida na bico dela(mingal de milho) já tem até nome a chamo de MEL.

    ResponderExcluir
  7. Olá Regiane!!! Cuide bem da sua Mel.Depois que ela estiver comendo sozinha é necessário adaptá-la ao ambiente externo, colocando comida espalhada por vários lugares, depois procure um lugar onde tenha outras pombas e ela mesmo fará o resto, ou fique com ela, pois pode ser que ela queira ficar perto como sua nova amiga. Obrigado e boa sorte.
    Ps. Se quiser enviar as fotos dos estágios do crescimento da pombinha eu posto aqui.

    ResponderExcluir
  8. olá obrigado por me responder, eu vou ficar sim ela é muito bonita e está se acostumando comigo, me reconhece tenho certeza que seremos otimas amigas minha Mel, eu a carrego pra todo lado até pra casa da minha mãe fim de semana nunca deixo ela só e meu esposo também gosta muito dela mima ela demais como eu.
    Quando ela estiver maior e adaptada vou deixa-la solta durante o dia e aprenderei num viveiro a noite por causa de predadores.

    ResponderExcluir
  9. Renovo minhas esperanças no ser humano ao ver que existe quem se preocupa, se comove, se interessa e cuida de nossas aves. Ouvir o canto das mesmas é um exercício de sensibilidade.
    Anônimo

    ResponderExcluir
  10. Tenho aqui uma pomba dessas. Havia uma gatinha brincando com ela quando a vimos. Infelizmente já havia feito um estrago irreversível em sua asa, cujos ferimentos tratamos, mas ela não voa. Construímos um viveiro espaçoso e convive conosco há cinco anos. Canta pela manhã e à tarde e come na mão, fazendo alguns charmes para ganhar carinhos.

    ResponderExcluir
  11. Olá Rogério, gostei mt dessa matéria sobre a asa branca. Tem 1 ano que estou criando uma que caiu de seu ninho em meu quintal. Eu gosto demais dela, ela é mt carinhosa, beijo ela o tempo todo, ela se chama Jurema. Tenho várias fotos e vídeos dela. Só que esses dias ela não está mt legal, ela tem dado piripaques para trás, não sei se é alguma coisa no rabo dela. Vejo tb que a alimentação dela não é mt boa, ela come pão sovado molhado na água, e ultimamente eu tenho dado aquelas papinhas para aves, tenho dado na seringa, pq ela não ta querendo comer como antes que comia mt bem. Faço tb uma salada de frutas e coloco na seringa e dou no bico dela. E dei umas gotinhas de vitamina que comprei numa loja de aves. Vc me indica fazer alguma coisa? Dou banho nela tb umas 2 vezes por semana. Me passe seu email que vou te enviar algumas fotos. Gosto demais dela e só quero o bem pra ela. Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Sua pomba já está adulta e é necessário dar algo mais sólido pra ela, como quirera. Ela já deveria estar comendo sozinha. Experimente colocar quirera e verifique se ela vai tentar comer sozinha. Abraço e boa sorte!
      Volte sempre!

      Excluir
  12. eu ponho quirera de milho vem canarios,pardal,essas asas brancas e outros

    ResponderExcluir
  13. oi Rogério, todas as tardes várias pombas-do-ar, pombas amargosinhas e rolinhas vem comer milho que meu pai dá pra elas na rua, elas comem e vão embora, mas um vizinho está implicando pq ele acha que elas transmitem doenças. Ele tá muito chateado pq elas são o xodó dele. tem algum problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Regina! Realmente o excesso dessas aves, pode ser prejudicial à saúde, pois as fezes delas podem conter bactérias, ácaros, fungos que podem causar diversas doenças perigosas. Veja o link: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/09/saiba-evitar-doencas-transmitidas-por-pombos-morcegos-e-ratos.html

      http://noticias.r7.com/saude/noticias/contato-com-fezes-de-pombos-pode-causardoencas-respiratorias-e-de-pele-20091227.html

      Essas doenças não são exclusivas dos pombos, vários outros animais podem causar sérios problemas. Abraço.

      Excluir